Natal / RN

Fundada às margens do Rio Potenji em 1599, a capital potiguar tem hoje 803.739 habitantes e área de 167,263 km². Sua fama vem das dunas e das belas praias.
Pode chegar a cidade pela rodoviária, de onde partem ônibus municipal ao Centro e a Ponta Negra. Outra forma de chegar à cidade é pelo aeroporto em São Gonçalo do Amarante, inaugurado em maio de 2014 e fica a 30 km da cidade. Do aeroporto para cidade pode ir:
• Ônibus: há informação no site do aeroporto.
• Táxi: a corrida é tabelada em R$ 2 por quilômetro. Segundo o Viagem na Viagem “[…] uma corrida até a Ponta Negra sai R$ 78. O trajeto envolve a passagem por avenidas congestionadas na zona norte natalense; conte em gastar até uma hora no deslocamento”. Já no Mochileiros o Marcos Pereira falou que “um táxi até Ponta Negra está custando entre 85 e 95 reais no taxímetro, bandeira 1, e entre 110 e 120 na bandeira 2. O tempo de viagem foi de aproximdamente 40 minutos sem trânsito, de madrugada. Pode chegar a algumas horas com trânsito, durante o dia.”
• Transfer: pelas empresas Minube, Natal Praias ou Van Service.
A circulação pela cidade de ônibus é complicada. Não há informações e os ônibus são precários. O valor da passagem é R$ 2,20.
De abril a junho é a época de chuva, apesar da cidade normalmente ter mais de 300 dias de sol. Os eventos na cidade são: o carnaval, as festas juninas, o Carnatal (carnaval fora de época que acontece em dezembro) e as comemorações natalinas.
Sobre a gastronomia local, o Rio Grande do Norte é o maior produtor de camarão do país.

Ponta Negra:
Bairro onde está a maioria das hospedagens e a maior infraestrutura turística de Natal. Fica a 14 km do Centro da cidade, entre a Via Costeira e a Praia de Cotovelo, no município de Parnamirim.
Morro do Careca: é uma duna fixa pela vegetação de restinga com 120m de altura. Atualmente é fechado a visitação como área de preservação ambiental.
Praia de Ponta Negra: praia de 4 km de extensão muito frequentada por turistas. Seus dias e noites são movimentados. Durante o dia, a parte final da praia, próximo ao Morro do Careca, é a mais cheia. Está a 14 km do Centro da cidade.
Shopping do Artesanato Potiguar: possui mais de 160 lojas dos mais variados setores turísticos (de artesanato a casa de cambio). Horário: das 10h às 22h. Local: Avenida Engenheiro Roberto Freire, 8000, Ponta Negra.

Centro histórico:
Composto pelos bairros da Cidade Alta e Ribeira e parte de Tirol e Petrópolis. Destaca-se o traçado urbano colonial e a arquitetura em estilos colonial, neoclássica e art déco. Porém o Centro Histórico de Natal está mal preservado.
Centro de Turismo de Natal: prédio neoclássico construído no século XIX para ser um abrigo para mendigos e um orfanato, mas de 1945 a 1969 foi a cadeia pública de Natal. Apenas em 1976, foi reformado para abrigar o centro de turismo. Hoje, as mais de 40 lojas e restaurantes funcionam nas antigas celas. O último andar é um terraço de onde se pode tirar belas fotos. Toda quinta feira às 22h ocorre um forró no pátio do prédio. Horário: diariamente das 9h às 19h. Local: Rua Aderbal de Figueiredo, 980, Petrópolis. Ingresso: grátis (o forró R$ 30).
Espaço Cultural Palácio Potengi: prédio neoclássico de 1873, que foi a sede do governo estadual entre 1902 e 1996. Atualmente abriga a Pinacoteca do Estado com acervo de artistas nascidos em Natal, além de manter um conservado o mobiliário do século XIX. Horário: terça a domingo, das 8h30 às 17h30. Local: Praça Sete de Setembro, Cidade Alta. Ingresso: Grátis.
Ludovicus – Instituto Câmara Cascudo: a casa onde morou o historiador e folclorista potiguar Câmara Cascudo (1898-1986) foi aberta ao público em 2007. Reúne um acervo de arte indígena e arte sacra, além de móveis e objetos pessoais de Câmara Cascudo. O Instituto conta ainda com uma biblioteca e um arquivo documental disponível para pesquisas. Horário: de terça a sábado, das 9h às 17h. Local: Avenida Câmara Cascudo (antiga Junqueira Aires), 377, Cidade Alta. Ingresso: R$ 3,00.
Memorial Câmara Cascudo: inaugurado em 1987, possui uma coleção de arte popular, religiosa e brinquedos antigos do sertão coletado pelo pesquisador. Há uma estátua de Câmara Cascudo em frente ao prédio. Horário: terça a domingo, das 9h às 18h. Local: Praça André de Albuquerque (popularmente chamada de Praça Vermelha), 30, Cidade Alta. Ingresso: Grátis.
Palácio Felipe Camarão: prédio art déco construído em 1922 que abriga a prefeitura de Natal. Local: Rua Ulisses Caldas, 81, Cidade Alta. Visita externa.
Rua Chile: a antiga Rua da Alfândega e posteriormente Rua do Comércio, foi uma das principais vias da cidade no século XIX, quando era cercada de armazéns da alfândega. Atualmente há diversos bares e boates. Local: Ribeira.
Teatro Alberto Maranhão: teatro inaugurado em 1904 em estilo art nouveau, na época chamava-se Teatro Carlos Gomes. Apenas em 1957 ganhou o atual nome em homenagem ao governador do estado que inaugurou o prédio e falecido em 1944. Até hoje é o principal teatro da cidade. Local: Praça Augusto Severo, 888, Ribeira. Visita externa.

Outras partes da cidade:
Forte dos Reis Magos ou Fortaleza da Barra do Rio Grande (nome oficial): uma missa celebrada nos arrecifes ao lado da barra do rio Potengi durante o dia de Reis de 1598 deu inicio a construção deste forte em forma de estrela. Atualmente abriga o Marco Colonial de Touros, coluna datada de 1501 com o escudo português esculpido. Acredita-se que foi o primeiro marco da posse lusitana no Brasil e, por tanto, o mais antigo documento colonial brasileiro. Há visita guiada, ela é muito recomendada, mas o valor não está incluído na entrada. Horário: diariamente, das 8h às 16h30. Local: Praia do Forte (dá para ir a pé a partir da praia do Meio). Acesso: linha 56 (deixa distante, uns 40 minutos). Ingresso: R$ 3,00.
Igrejas: ver site da prefeitura.
Parque das Dunas Jornalista Luiz Maria Alves: a primeira Unidade de Conservação Ambiental do RN foi implantada em 1977 na região leste de Natal. Ele é um parque urbano com 1.172 hectares mesclando áreas de dunas e de Mata Atlântica com pequenos animais silvestres, inclusive insetos e cobras. Das áreas abertas ao público, há o Bosque dos Namorados, que ocupa 7 hectares na entrada do parque. Nele fica o centro de pesquisa, viveiro, parque infantil, espaço para atividades físicas e o centro de visitantes com área de exposição e anfiteatro. Do Bosque dos Namorados partem três trilhas guiadas que precisam ser agendas. Todas precisam ter no mínimo 5 pessoas e ocorrem, desde que não esteja chovendo, nos seguintes horários 8h, 8h30, 14h, e 14h30. Horário do parque: 3ª a domingo das 8h às 18h. Local: final da Avenida Alexandrino de Alencar, Tirol. Ingresso: R$ 1,00 (+ R$ 1,00 por trilha).
– Trilha Peroba: o circuito de 2,4 km passa por um mirante com vista para o Morro do Careca e dura 1h30. Idade mínima: 10 anos.
– Trilha Perobinha: a mais tranquila de todas é uma atalho de 800 m da trilha Peroba e o circuito dura 40 minutos. Idade mínima: 6 anos.
– Trilha Ubaia Doce: percorre trecho de mata fechada até o mirante com vista para o mar. O circuito de 4,4 km dura cerca de 2h30 e é recomendado para pessoas com bom condicionamento físico. Idade mínima: 13 anos.
Ponte Newton Navarro: a ponte estaiada liga os bairros de Santos Reis (Praia do Forte) e Redinha passando sobre o rio Potengi. Inaugurada em 2007, seu nome homenageia o dramaturgo, poeta e pintor que retratou inúmeras vezes esses bairros.
Pórtico dos Reis Magos: monumento construído na entrada da cidade na BR 101, principal acesso sul de Natal. O pórtico simboliza uma estrela cadente e os três reis magos.
Praça das Flores: rodeada de bares e restaurantes onde os natalenses vão a noite. Local: bairro Petrópolis.
Rendinha: a praia onde o rio Potengi desemboca no mar. Sua principal atração é o Mercado Público da Redinha, no Largo João Alfredo, onde pode comer a tradicional ginga (pequeno peixe frito) com tapioca entre outras comidas típicas.

Pesquisa realizada em 2014.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s