South Kensington (Dia 1)

Reino Unido – Dia 9

A panturrilha doe por causa dos 35 andares de ontem, mas… vamos seguindo (devagar).

E seguindo descobri onde fica o estádio do Chelsea ao ir andando até South Kensington. Este bairro é conhecido por seus gigantescos museus e grandes parques. Mas não sabia se ia dar para ir a algum parque porque estava muito frio (fez de 8º a 19ºC com ventos cortantes de até 40km/h)

O estádio do Chelsea.

O estádio do Chelsea.

Comecei pelo Museu de História Natural, que fica em um prédio lindo! Nele vi a parte inicial dos fósseis e uma parte sobre ecologia que me chocou para forma nua e crua que algumas coisas foram mostradas.

O vitoriano prédio do Museu de História Natural.

O vitoriano prédio do Museu de História Natural.

A triunfante entrada do museu.

A triunfante entrada do museu.

 

Tatu gigante que habitava a América do Sul até 10 mil anos atrás.

Tatu gigante que habitava a América do Sul até 10 mil anos atrás.

Uma árvore de 225 milhões de anos que virou pedra. :o

Uma árvore de 225 milhões de anos que virou pedra. 😮

O que é que está acontecendo com o coelho? Ele está sendo RECICLADO.

O que é que está acontecendo com o coelho? Ele está sendo RECICLADO.

O ciclo de "reciclagem" do coelho (e de todos nós).

O ciclo de “reciclagem” do coelho (e de todos nós).

Depois do almoço, fui ao Science Museum, que tem uma série de exposições sobre o desenvolvimento científico. Passei a tarde lá e só vi o primeiro dos quatro andares. Aqui foi onde eu pensei “Meu Deus! Estou ficando velha”. Não apenas porque as coisas da minha infância estão com razão no Museu, mas porque eu me atrai mais pelo passado que pela sessão novas tecnologias (essas coisas me parecem fantasia demais ou ainda muito inúteis).

Exposição sobre a evolução da geração de energia.

Exposição sobre a evolução da geração de energia.

Exposição sobre a corrida espacial e a vida fora da Terra. Esses são as comidas ensacadas dos astronautas.

Exposição sobre a corrida espacial e a vida fora da Terra. Esses são as comidas ensacadas dos astronautas.

Na exposição da evolução tecnológica do inicio da Revolução Industrial até o final do século XX.

Na exposição da evolução tecnológica do inicio da Revolução Industrial até o final do século XX.

Depois da câmara obscura da foto anterior (século XVII), temos a câmera fotográfica (século XIX).

Depois da câmara obscura da foto anterior (século XVII), temos a câmera fotográfica (século XIX).

No início do século XX temos as câmera fotográficas portáteis.

No início do século XX temos as câmera fotográficas portáteis.

 

Até a incrível redução das câmera na segunda metade do século XX.

Até a incrível redução das câmera na segunda metade do século XX.

Coisas da minha infância que são peças de museu. Me lembrei do Meu Primeiro Gradiente.

Coisas da minha infância que são peças de museu. Me lembrei do Meu Primeiro Gradiente.

Isso também. Lembro de ficar imaginando como funciona essas máquinas. Agora sei que era muito mais simples...

Isso também. Lembro de ficar imaginando como funciona essas máquinas. Agora sei que era muito mais simples…

Mas sabe o que não apenas não me atrai como me repudia? Guerra. Tinha uma mostra sobre a evolução científica no governo Churchill e era uma guerra só – na verdade duas, a II Guerra Mundial e a Guerra Fria – e não consegui continuar. Vi uma mostra sobre os primórdios da geração de energia (tinha explicação, maquete, vídeo e uma replica tamanho original), uma sobre a corrida espacial (mais Guerra Fria) e uma sobre os avanços tecnológicos do século XVIII ao século XX.

Saindo dos museus, respirei fundo e aproveitando que estava com um meio sol fui ao Kensington Gardens. Este é um amplo e belíssimo jardim que era parte do Kensington Palace, mas atualmente é um parque público. Ele é cheio de recantos graciosos e tinha um monte de gente aproveitando o final da primavera. Por incrível que isso pudesse parecer com o frio que eu sentia.

Primeira coisa que vi no Kensington Gardens foi o gigantesco Memorial ao Albert, marido da rainha Victoria.

Primeira coisa que vi no Kensington Gardens foi o gigantesco Memorial ao Albert, marido da rainha Victoria.

 

Depois vi uma parte chamada Flower Walk (Caminho das Flores), que tinha esse belo arco.

Depois vi uma parte chamada Flower Walk (Caminho das Flores), que tinha esse belo arco.

E esse recanto.

E esse recanto.

A beira do lago quase vazia.

A beira do lago quase vazia.

O frio era tanto que nem as cadeiras para alugar foram armadas.

O frio era tanto que nem as cadeiras para alugar foram armadas.

Mas tinham pessoas desfrutando o fim de tarde com sol.

Mas tinham pessoas desfrutando o fim de tarde com sol.

Sol? Onde está o sol?

Sol? Onde está o sol?

Também tinha um jardim italiano com esses belos patinhos.

Também tinha um jardim italiano com esses belos patinhos.

O Arco do Henry Moore com o Kensington Palace no fundo.

O Arco do Henry Moore com o Kensington Palace no fundo.

A parte do Lago Serpentine que pertence ao Kensington Gardens.

A parte do Lago Serpentine que pertence ao Kensington Gardens.

Os cisnes.

Os cisnes.

Para finalizar duas coisas que vi na voltar.

Atradicional cabine telefônica agora fivou telefone público e caixa eletrônico sem cabine.

Atradicional cabine telefônica agora fivou telefone público e caixa eletrônico sem cabine.

Este homem estava limpando o ponto de ônibus com água, sabão e esponja.

Este homem estava limpando o ponto de ônibus com água, sabão e esponja.

Anúncios

2 ideias sobre “South Kensington (Dia 1)

  1. Ci de Sá

    Esses museus são demais! Amei a árvore!

    19°C é calor nessa terra e pegar um solzinho é fundamental 😎

    Essa modernização da cabine é trash rs rs rs

    Bjos pra vocês 😘😘

    Resposta
    1. N. Autor do post

      São sim! Mas eu tenho um pequeno problema com Museu de História natural. Teve uma época que fui em tantos que cansei. É igual igreja.
      O problema não era nem a temperatura, mas o vento constante. Eu demorei para me tocar que precisava colocar a capa e estava apenas com minha calça nova, sem a legging por baixo.

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s