Belém: Icoaraci & volta para casa

Fui ao distrito de Icoaraci, onde tem um polo ceramista e um porto rústico, onde saem os barcos para a Ilha de Cotijuba. Há uma série de restaurantes do outro lado da rua e no final da pequena beira rio há uma praça com uma pequena feira de artesanato em cerâmica. O lugar é bonitinho, mas dá para ver tudo rapidamente.

A orla com o porto de Icoaraci.

O restaurante mais chamativo da beira rio.

A feira de artesanato tinha muita coisa repetida nas lojas, mas é boa.

Depois pensei em almoçar na orla de Icoaraci, mas estava sem fome. Pensei em ir para Cotijuba, mas não tinha certeza se queria ir porque o maior programa da ilha é ir a praia e andar de charrete. Não era o que eu queria fazer, além disso o tempo começou a fechar e resolvi voltar para o albergue para começar a arrumar minha mala para a volta. No caminho pensei em almoçar pato no tucupi em um restaurante de comida típica próximo ao albergue chamado Tomaz, mas em retrospectiva todos meus arrependimentos nesta viagem tem relação com comida. Ou seja, achei melhor almoçar no shopping e seguir para o albergue. E assim eu fiz.

 

No dia seguinte tive a manhã para fechar tudo e ir para o aeroporto com tranquilidade, mas na real nunca fico calma  neste percurso. O voo foi tranquilo, apesar da criança de 4 anos no meu lado, e a família foi me buscar no aeroporto.

Assim terminou minha ótima viagem ao Pará.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s